Cogitare 2022-História da Enfermagen

Español 
Portugês

COGITARE 2022
V Reunião Internacional de História e Pensamento Enfermeiro

Fundación Index, 19-21 de abril de 2022
Um encontro virtual com transmissões síncronas e assíncronas

CUIDAR E PENSAR cogitare, em latim pensar é o vocábulo de qual deriva o termo cuidar que adotamos nessa Reunião por seu duplo sentido do cuidado e do pensamento

O Intercâmbio de Cuidado entre Culturas

O fenômeno da multiculturalidade se tem dado sempre e geralmente se associa às invasões de uns povos aos outros, enfatizando-se a perda de vidas, de bens e de cultura. Contudo também ocorreu o fenômeno da mestiçagem que deu lugar a novos grupos sociais com renovadas formas de convivência. No caso da saúde, interessa conhecer os intercâmbios que se produzem entre os saberes nativos e o conhecimento proveniente da ciência, assim como os préstimos e transferências tanto no cuidado profissional quanto no doméstico.

Em COGITARE 2022 nos proporemos a analisar o intercâmbio entre saberes sobre o cuidado da saúde que foi produzido como consequência do encontro entre culturas e a partir de olhares mais amplos que vão desde as viagens exploratórias até os processos coloniais ou os associados à diversidade cultual que coexistem nos diferentes territórios. Portanto, convidados a comunidade científica a contribuir com o evento a partir de uma perspectiva multifacetada: histórica, cultural, social, patrimonial, etc.

Organização
Grupo Oseira de Historia de la Enfermería, em colaboração da Cátedra INDEX ICS e a Red Internacional de Centros Colaboradores da Fundación Index.

Inscrição
Gratuita AQUI

Prazo de envio dos trabalhos
15 de dezembro de2021

Informações Gerais
secretaria@ciberindex.com

Comitê Científico
Veja no final

Como apresentar trabalhos

Poderão ser apresentados trabalhos de pesquisa originais (que não tenham sido apresentados nem publicados por outros meios) em forma de comunicação virtual em uma das seguintes modalidades:

Comunicação /temática: focada nos intercâmbios entre saberes e cuidados de saúde ao longo da história

Comunicação Livre: abordando qualquer aspecto sobre história e pensamento enfermeiro, assim como sobre cultura e sociedade, das instituições de saúde (organização, assistência, economia, profissões, arte, arquitetura, iconografia, literatura, etc.) sobre qualquer época

Os interessados em participar devem enviar ao Comitê Científico antes de 15 de dezembro de 2021, um resumo do trabalho de 1500 palavras onde apareçam os conteúdos essenciais, utilizando-se de um modelo oficial (um mesmo autor não poderá participar de mais de dois trabalhos apresentados neste evento)

Baixe o formulário para as comunicações

As comunicações poderão ser apresentadas em uma das três modalidades:

Diretamente por transmissão remota. O relator do trabalho terá 10 minutos para sua exposição através da plataforma digital do evento em horário previamente indicado no programa

Transmissão Assíncrona. Os autores deverão depositar um vídeo de até 10 minutos de duração que será disponibilizado na plataforma eletrônica do evento juntamente com o resumo da comunicação.

Digital. Os autores apresentarão seu trabalho através de um texto que será alojado na plataforma eletrônica do evento em formato de resumo com 1500 palavras. Posteriormente se abrirá um prazo para envio do texto completo do trabalho com a finalidade de publicação definitiva.

Publicação dos trabalhos

Os resumos dos trabalhos aceitos serão publicados como artigos curtos (notas prévias) na revista especializada TEMPERAMENTVM. Aqueles autores que desejarem publicar o texto completo poderão envia-lo adaptado às normas da revista em um prazo não superior a dois meses após finalizado o evento. Veja os critérios AQUI

Comitê Científico

Presidente
Dr. Manuel Amezcua, Cátedra Internacional Index ICS, UCAM-Fundación Index, Granada, España (coord.)

Coordenadores
Dª Sonia Herrera Justicia, Fundación Index, Granada, España
Dª. Lorena Marín Torres, Universidad de Granada, España
Dª Ana Amezcua González, Fundación Index, Granada, España

Secretária
Dª María González López, Fundación Index, Granada, España (secretaría)

Vogais
Dra. Isabel Antón Solanas, Universidad de Zaragoza, España
Dra. Mª Dolores Berdún Ruiz, Universidad de Alcalá de Henares, España
Dra. Elena Andina Díaz, Universidad de León, España
Dra. Concepción Germán Bés, Grupo A.Mas y Universidad de Zaragoza, España
Dª Elena González Iglesias, Servicio Galego de Saúde, Ourense, España
Dr. Juan Diego González Sanz, Universidad de Huelva, España
Dra. Mildred Guarnizo-Tole, Universidad El Bosque, Bogotá, Colombia
Dr. Antonio J. Marín Paz, Universidad de Cádiz, España
Dra. Elen Soraia de Menezes Cabral, Universidade Federal de São João del Rei, Divinópolis, Brasil
Dr. Aarón Muñoz Devesa, UCAM, Murcia, España
Dra. Maria José Peixoto, Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal
Dr. Fernando Porto, Laboratório de História do Cuidado e Imagem em Enfermagem – LACUIDEN, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil
Dª Ana Belén Rodríguez Feijoo, Servicio Galego de Saúde, Ourense, España
D. Néstor Serrano Fuentes, School of Health Sciences, University of Southampton, Reino Unido
Dr. Osnir Claudiano Silva Junior, Universidade Federal do Estado de Río de Janeiro, Brasil
Dr. Carlos Louzada Lopes Subtil, Sociedade Portuguesa de História da Enfermagem, Portugal
Dra. Cristina Teresa-Morales, Universidad de Huelva, España
Dra. Claudia Cecilia Álvarez Franco, Universidad de Antioquia, Medellín, Colombia

Colaborar